PROVÉRBIOS DO MÊS

NOVEMBRO

Outubro, novembro e dezembro, não busques o pão no mar, mas torna ao teu celeiro e abre teu mealheiro.

  • Em novembro, prova o vinho e planta o cebolinho.
  • Novembro à porta, geada na horta.
  • Novembro pelos Santos, neve nos campos.
  • Em novembro põe tudo a secar que pode o sol não voltar.
  • Cava fundo em novembro, para plantares em janeiro.
  • Se em novembro ouvires o trovão, o ano que vem será bom.
  • Dos Santos ao Natal, um pulinho de pardal.
  • De Todos-os-Santos ao Natal, perde a padeira o capital.
  • De Todos os Santos ao Advento, nem muita chuva nem muito vento.
  • De Todos os Santos ao Advento, nem muita chuva nem muito vento.
  • Dia de São Martinho, lume, castanhas e vinho.
  • Do São Martinho ao Natal, o médico e o boticário enchem o bornal.
  • Se o Inverno não erra caminho, tê-lo-ei pelo São Martinho.
  • Se queres pasmar teu vizinho, lavra, sacha e esterca pelo S. Martinho.
  • No dia de São Martinho, vai à adega e prova o vinho.
  • No dia de São Martinho, mata o teu porco e bebe o teu vinho.
  • No dia de São Martinho, pão, sardinhas, castanhas e vinho.
  • Pelo São Martinho, abatoca o teu vinho.
  • Pelo São Martinho, mata o teu porquinho e semeia o teu cebolinho.
  • Pelo São Martinho, nem favas, nem vinho.
  • Pelo São Martinho, todo o mosto é bom vinho.
  • Em dia de São Martinho semeia os teus alhos e prova o teu vinh

Deixe uma resposta